A Rainha vestida de jóias

Maria vestidas de Jóias
Maria vestida de Jóias

No sentimento de reverência à Rainha vestida de jóias, Santo Agostinho diz:

“Que direi em vosso louvor, ó bem-aventurada Virgem, eu dotado de um espírito tão medíocre, pois tudo o que poderei dizer de vós, ficará infinitamente abaixo de vossa Excelência e de vosso mérito”

Em um salmo reverente, São Boaventura disse sobre a Rainha vestida de jóias:

“Tú falas com justiça. Honremos, pois, a rainha da justiça e da misericórdia. Ainda que isso pertença ao louvor e à glória do Salvador, toda a honra também é concedida à Mãe. As rosas dos mártires te circundam, ó Rainha, e o lírio das virgens enfeita treu trono. Louvem-na, estrelas da manhã, junto com os mares, os rios e o fundamento do mundo”.

E em outro Salmo, São Boaventura reforça sua visão Majestosa de Maria e a Via da Reverência:

“Protege-me tu de meus inimigos, ó Senhora do mundo; vem ao meu encontro, ó rainha da piedade. O ouro mais puro é teu ornamento, a carneliana e o topázio estão em teu diadema.

O jade e a ametista estão na tua mão direita; o berilo e a cristólia, na tua esquerda. Os jacintos estão em teu seio e carbúnculos brilhantes formam teu bracelete. Em tuas mãos estão a mirra, o incenso e o bálsamo; safiras e esmeraldas ornam teus dedos.

O que outros Santos e Sábios dizem sobre o caminho da reverência: clique aqui e para entender o significado desse caminho, clique aqui ou para ler histórias sobre a Mãe e Rainha Nossa Senhora clique aqui

Faça o primeiro comentário a "A Rainha vestida de jóias"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*