Santos, Sábios e o caminho da dor

Santos e Sábios da dor
Santos e Sábios sobre o caminho da dor

A dor é sintoma do amor e todo aquele que perde ou lhe é ameaçado perder o objeto amado, sofre. Maria sofreu. E até hoje santos, sábios e devotos comuns, como eu eu você, experimentam esse sofrimento da separação de Cristo e Maria nesse caminho da dor.

“Assim como a Paixão de Jesus começou com seu nascimento, também assim sofreu Maria o martírio durante toda a sua vida por ser em tudo semelhante ao filho” São Bernardo.

“Assim foi a vida de Maria, cheia de amarguras porque não lhe desaparecia do espírito a lembrança da paixão do redentor” Santo Afonso de Ligório

“Ó Virgem bendita, como a amargura do mar excede todas as amarguras, assim tua dor excede todas as ouras dores” Hugo de Sao Vítor.

“ Se a dor de Maria fosse dividida entre todos os homens, bastaria pra fazê-los morrer todos, repentinamente” São Bernardino de Sena

“No sacrifício, havia dois altares: um no Calvário, outro no coração de Maria. enquanto o filho sacrificava seu corpo pela morte, maria sacrificava sua alma pela compaixão” Arnoldo de Chartres

“Maria amava a vida do filho muito mais que a própria vida. Sofreu por isso no espírito tudo o que no corpo padeceu o filho. Mais ainda. Seu coração afligiu-se mais presenciando os tormentos do filho, do que se ela própria os tivesse sofrido em si” Santo Antonino

Maria sabia disso e “toda a vida viveu com a alma transpassada”, disse o Papa Francisco. E o Pontífice terminou o discurso com a seguinte meditação: “No final, ela (Maria) ficou ali, em silêncio, sob a Cruz, olhando o Filho. Talvez, ouvia comentários do tipo: “Olha, aquela é a Mãe de um dos três delinquentes”. Mas Ela “mostrou o rosto pelo Filho”, e deu o exemplo por não “renegá-lo’”

Saiba mais sobre a Via da Dor, clique aqui

Faça o primeiro comentário a "Santos, Sábios e o caminho da dor"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*