Liturgia diária Mariana

Liturgia Diária Mariana
Liturgia Diária Mariana

Baseando-se nas quatro vias de devoção, é possível criar uma rotina de liturgia mariana saudável e adaptada à realidade de todos e que inclua: orações, cantos, estudos, caridade e o terço meditativo.

Começamos o dia com a Via da Reverência.

Há quem comece com a ladainha a Nossa Senhora e depois reze o Angelus logo nas primeiras hora da manhã. Há também quem prefira orar o Salve Rainha. Seja qual for a oração preferida, é muito importante ter um altar e imagens, seja esculpidas ou fotos. Também é bom ter um recipiente para a vela, para o incenso, para a água e para o que mais oferecer amorosamente à Maria e Jesus. Lembrando sempre que não se trata de idolatria, mas representatividade do que há por trás das imagens e fotos. Não há problema quando objetos nos remetam ao divino. Passamos o dia todo registrando informações de objetos físicos pelos cinco sentidos, logo, ter objetos físicos divinos é igualmente importante.

Se houver tempo ainda de manhãzinha, pode-se cantar alguma melodia religiosa com ou sem instrumento musical de frente ao altar, oferecendo a canção à Maria e Jesus. Isso sem dúvida preparará o espírito para o dia.

A Via Acadêmica na Liturgia Diária Mariana

Ainda antes do almoço partimos para a Via Acadêmica, para aqueles que podem estudar em casa, ou àqueles a caminho do trabalho ou da missa da manhã, importante fazer algum tipo de leitura mariana teológica. Há diversas obras (ver na bibliografia) que podem ser estudadas. Estude, Leia com atenção, grife, faça anotações, reflita sobre o que leu. Isso dará uma ocupação para a inteligência durante a tarde e nos momentos em que a mente possa vagar.

Via da Reverência, quando somos servos, oferecemos Serviço

Durante a rotina de trabalho da tarde ou em casa, faça caridade. As boas obras são partes da liturgia diária mariana. Maria não perdia a oportunidade de confortar e ajudar. Foi assim com Isabel e é assim com todos. Não perca uma chance sequer de fazer o bem. Não precisa ir a uma organização ou apenas dar dinheiro. As boas ações começam sendo gentis, solícitos e prontos para ajudar. A cada esquina há uma oportunidade de servir alguém. Sempre terá. Aproveite. É muito importante. Lembre-se de que a pessoa ajudada é filha de Maria como você, como eu, e todos nós somos irmãos iguais perante Ela e Jesus.

A hora do Terço, da Via da Doçura e da Via da Dor

Ao chegar em casa no fim da tarde, após o banho e alimentados, considere sentar por um momento para o Santo Terço. Aliás, se tivesse que escolher uma só prática para o dia, seria o Santo Rosário e é nessa hora que entram a Via da Doçura e a Via da dor.

Através do Rosário e dos mistérios, podemos contemplar a história da Sagrada Família. Também podemos meditar em histórias ainda mais doces como aquelas que colocamos a disposição aqui no site e continuaremos disponibilizando com o tempo (assine a notificação para receber as postagens). Também, através do Terço, podemos meditar no sofrimento de Maria diante do filho crucificado e todo o sofrimento suportado pela família por nós.

Por gentileza, ore o terço com atenção plena e dedicação. Se assim for feito você sentirá uma paz enorme e um sentimento de ternura começará a brotar no coração. O Terço é como uma plantinha que se bem regada, pode alcançar o céu.

A Música

Se houver tempo após a meditação do terço pode-se, na frente do altar, cantar ou tocar alguma canção religiosa doce para Maria e Jesus. A música sempre foi um grande aliado da devoção pois ele exige certa concentração e a energia de amor flui melhor em direção ao objeto amado. Experimente. Há muitas belas canções marianas muito doces.

E antes de dormir…

Para finalizar a liturgia mariana diária, considere fazer alguma leitura antes de dormir. Recomendamos leituras suaves de histórias doces de Maria e Jesus, ou alguma leitura acadêmica também, embora a mente provavelmente esteja mais cansada após o longo dia, para se dedicar a discernir e compreender com concentração. Algumas histórias bíblicas podem lhe preparar para um sono agradável e se tiver sorte pode sonhar com a família sagrada e assim conseguir ter devoção mesmo no sono.

No dia seguinte tente repetir a mesma rotina. A liturgia exige dedicação e vontade. Quanto mais praticarmos, mais fácil se tornará. No começo pode parecer exagero ou peso, mas com o tempo ficará mais leve. Pense sempre no tesouro após a vida. Pense que essa vida é finita e o que podemos levar daqui é somente nossa bagagem mental, que pode ser preenchida com amor, devoção, cuidado e muita ternura. Não desperdice o tempo dessa vida. Comece agora e viva para Deus. Seja instrumento dele. Ele só quer nosso tempo e nossa dedicação. Pode ter certeza que ele dará em troca o amor dele, porque Ele é assim: se damos um passo, Ele dá dez em nossa direção.

Faça o primeiro comentário a "Liturgia diária Mariana"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*