Histórias de Maria Santíssima

As histórias abaixo mostram um pouco do poder de Maria como Rainha que socorre seus servos.

A história do menino salvo por Maria Santíssima das chamas eternas do inferno

As histórias são reais. Um menino da vila perto da igreja caiu enfermo e pediu para ver Dom Bosco. Infelizmente não encontraram o padre. O menino foi dado como morto e a mãe entrou em desespero. Encontrado, Dom Bosco pediu para a mãe do rapaz orar para a Medianeira Maria Santíssima de todas as graças no santuário e saiu em busca do menino falecido. Ao se aproximar do menino, orou com fervor à Maria e de repente o rapaz abriu os olhos e contou: “Ah! meu padre, uma multidão de espíritos maus tentavam arremessar-se numa grande fornalha, mas, uma senhora de beleza encantadora os afastou dizendo: “Ainda não está condenado”, e foi precisamente neste instante que ouvi a sua voz me chamar. Dom Bosco então perguntou: “Agora que tua alma está pura, queres viver ou ir para o céu?”, o menino respondeu: “quero ir para o céu”, e de fato se foi. (contado por P. Inácio Valle)


Maria, uma Rainha justa

Alfonso, Rei da Galícia, dedicou muito da sua vida a espalhar a glória do Santo Rosário. Um dia adoeceu e perto da morte viu-se num julgamento. No meio das acusações, viu uma mulher linda e refulgente vindo em sua direção. Era Nossa Senhora Maria Santíssima. Na visão do Rei, havia uma balança: de um lado, seus pecados, do outro, Maria se aproximou e pôs um rosário que pesou mais que os pecados. O Rei se recuperou, voltou à vida e continuou vivendo pro santo rosário (contado por Montfort)

Se quiser ler histórias de Maria na Via da Doçura sem o aspecto da majestade, clique aqui

Faça o primeiro comentário a "Histórias de Maria Santíssima"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*